tipos-de-cancer.gif








Tipos de Câncer
O que é câncer?
 
Uma doença que, por característica, tem o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem seu organismo e podem se espalhar para outras partes do seu corpo. As células cancerígenas se dividem de uma forma muito rápida e desenvolvem a formação de tumores e neoplasias malignas. O tumor benigno, ao contrário, é uma massa que se encontra nas células e se multiplica de uma forma mais lenta e raramente causa risco de morte.

O tratamento cirúrgico mais antigo para o câncer foi descoberto no Egito, há cerca de 1600 a.C. Foi encontrado um papiro com oito casos de úlceras no peito que foram tratadas com uma ferramenta chamada, na época, de “broca de fogo”. No mesmo papiro constava a informação de que não havia tratamento. Nos séculos XVI e XVII era comum que médicos dissecassem corpos para descobrir a causa das mortes. O professor alemão Wilhelm Fabry acreditava  que a causa do câncer de mama era um coágulo de leite.

A primeira cauLIvro histórico.sa de câncer foi descoberta pelo cirurgião  Percivall Pott, que verificou a incidência de câncer do escroto nos limpa-chaminés. Com o uso do microscópio, a partir do século VVIII, ocorreram descobertas sobre o cancro. Já no século XIX, com melhores condições cirúrgicas e higiênicas, a remoção cirúrgica se tornou o principal tratamento para o câncer. Quando Marie Curie e Pierre Curie descobriram a radiação, o médico começou a trabalhar em conjunto com o radiologista.

Como surge o câncer?

As células são formadas por três partes: a membrana celular, que é a parte mais externa do organismo; o citoplasma, que é o corpo da célula e o núcleo que tem os cromossomos, compostos de genes. Os genes guardam instruções para organizar as atividades celulares do organismo e suas formas. Toda informação genética está nos genes.

Uma célula saudável pode sofrer alterações no DNA dos genes, conhecida como mutação genética. As células alteradas passam a receber informações erradas para realizar suas atividades. As alterações podem ocorrer nos proto-oncogenes, genes especiais que, em princípio, são inativos em células normais. Quando são ativados, se transformam em oncógenes, responsáveis por tornar malignas as células normais. As células diferentes são denominadas cancerosas.

Causas do Câncer

As causas para a doença podem ser as mais variadas possíveis, sendo divididas entre internas e externas. O meio ambiente, hábitos e costumes de um ambiente social são caracterizados causas externas. As causas internas podem ser a genética e a capacidade de seu organismo para conter a doença. Esses fatores podem influenciar no organismo, aumentando a probabilidade de ficar doente e no crescimento das células malignas.

Segundo o INCA ( Instituto Nacional do Câncer), cerca de 90% dos casos de câncer estão ligados a fatores ambientais. Entre eles: o cigarro, que causa câncer pulmonar, exposição ao sol e alguns vírus que causam a leucemia. Alguns componentes de alimentos ingeridos também podem ser apontados como um fator ambiental. Os fatores ambientais podem ser denominados de cancerígenos ou carcinógenos. O surgimento da doença depende do período de exposição aos fatores de risco e a sua intensidade.

O ambiente pode ser analisado como o meio, em geral (água,terra,ar), o ambiente ocupacional (indústrias químicas e afins), o ambiente de consumo (alimentos, medicamentos), o ambiente social (estilo, hábitos de vida). O estilo de vida que mudou pode ser um dos fatores para a incidência do câncer. É mais frequente em pessoas idosas, pois o envelhecimento causa mudanças nas células, o que aumenta a chance de ter uma transformação maligna.

Cura do Câncer

Alguns tipos da doença têm cura e outros não. Depende principalmente do estágio do câncer e quando ele é diagnosticado. Quanto mais cedo a doença é diagnosticada, mais cedo será aplicado o tratamento e consequentemente, a cura será mais provável. Mesmo os pacientes que não têm chances de cura, podem ter uma boa qualidade de vida controlando, e tratando dela assim como uma doença crônica.

O tratamento de câncer é demorado, mas o paciente pode continuar levando uma vida normal. Por isso, sempre que a doença for diagnosticada, um oncologista deve ser procurado para dar esclarecimentos e receitar de que forma será realizado o tratamento. A falta de informações a respeito da doença é um dos motivos para o medo dos pacientes em situações em que ela pode ser controlada ou curada.
 
Tipos de Câncer  -->>  Genética do Câncer